Trabalho para G1

Exercício G1 (em dupla/trio)

Noções de Modernidade

A dupla de alunos deve produzir um texto que estabeleça uma relação entre noções que caracterizam a modernidade e uma determinada vanguarda artística [1]. Em seguida, a dupla deverá estabelecer novas relações entre as mesmas noções utilizadas na primeira análise num objeto, fenômeno ou manifestações artísticas contemporâneo[2]. Por fim, a dupla deverá gerar uma conclusão que estabeleça relação entre a vanguarda e o exemplo escolhido na contemporaneidade salientando diferenças e semelhanças no que diz respeito às noções de modernidade.

Especificações técnicas

  • Relatório digital
  • Formato em PDF
  • Não existe número mínimo de laudas, linhas ou caracteres.

Atenção: Evitar plágio!

Apresentação: O grupo deverá produzir uma apresentação projetada (pdf). A apresentação é uma síntese da pesquisa e da análise encaminhada no relatório e tem por intuito o compartilhamento dos assuntos tratados com a turma. Todos os membros do grupo devem participar da apresentação.

Entrega de TODOS os trabalhos escritos:

  • 27 de abril de 2018

Data das apresentações:

  • 25 e 27 de abril de 2017

[1] Escolher preferencialmente uma vanguarda artística (ou um movimento da arte moderna) que tenha tido seu início antes da segunda guerra mundial.

[2] No caso de objetos, escolher algo que seja representativo na contemporaneidade (ex: celular) na associação deste objeto com práticas de um determinado grupo.  No caso de fenômenos, da mesma forma, identificar algo que seja socialmente representativo (ex: o surgimento de minorias e suas reivindicações por aceitação social). No caso de manifestações artísticas pode se trabalhar em diferentes segmentos como o teatro, dança, escultura etc. Escolher preferencialmente manifestações (ou movimentos) artísticas posteriores ao ano de 2004.

Questões para estudo dirigido: Modernidade e Modernismo

Questões para o estudo dirigido do livro Condição Pós-Moderna, de David Harvey. Capítulo 2: Modernidade e Modernismo (p. 21-44).

  1. Quais as características considerados por Harvey a partir de outros autores que marcam a modernidade?
  2. Segundo Habermas, em que consiste o projeto da modernidade?
  3. Qual os argumento de Max Weber contra o projeto iluminista?
  4. As mudanças da modernidade e a sensação de fragmentação e efemeridade demandavam uma postura do artista moderno. Na visão de Baudelaire, o que deveria fazer o artista moderno bem-sucedido?
  5. Que aspectos forcaram os produtores culturais a seguir uma forma de competição de mercado que reforçariam  processos de “destruição criativa” no campo estético?
  6. Porque o autor afirma que o “modernismo era uma arte das cidades”?
  7. O pensamento iluminista tendia ao universalismo, julgava ser possível chegar a leis universais mediante o uso da razão. O que ocorre com a fixidez categórica do pensamento iluminista a partir de 1848?
  8. O período do modernismo chamado “heroico” tem uma de suas alas recorrendo à necessidade de estabelecer um mito “eterno”. Que elemento foi utilizado para isto?
  9. A que fatores o autor atribui a absorção do modernismo pelo establishment político apósa primeira guerra mundial?

Cultura de massa e propaganda ideológica

Apenas para lembrar um dos assuntos debatidos em sala, abaixo uma das muitas capas de HQs de super-heróis durante a campanha da segunda guerra contra os inimigos do eixo. Notem que a capa anúncia selos e bonos de guerra para ajudar a financiar as tropas.

Os quadrinhos, como meio de comunicação em massa e a imagem dos super-heróis como personificação dos ideais da sociedade americana foram articulados para convencer o público (em especial os jovens) a financearem o esforço de guerra.

Batman e Robin contra os inimigos do eixo

Mais capas selecionadas no post do blog Ideafixa.

Da sevidão humana

Abaixo o vídeo apresentado na aula que discute a sociedade de consumo e o trabalho nas sociedades modernas.

Descrição:

A servidão moderna é um livro e um documentário de 52 minutos produzidos de maneira completamente independente; o livro (e o DVD contido) é distribuído gratuitamente em certos lugares alternativos na França e na América latina. O texto foi escrito na Jamaica em outubro de 2007 e o documentário foi finalizado na Colômbia em maio de 2009. Ele existe nas versões francesa, inglesa e espanhola. O filme foi elaborado a partir de imagens desviadas, essencialmente oriundas de filmes de ficção e de documentários.

Video: Le Portefeuille (a carteira)

O sujeito contemporâneo é um todo coeso e unificado ou as situações e diferentes identidades contraditórias se sobrepõem definindo um sujeito fragmentado e descentrado?

A animação abaixo ajuda a refletir sobre a discussão:

Le Portefeuille
Direção e Concepção:  Vincent Bierrewaerts
2003

Animação
10 minutos 20
35 mm
1,66
Cor
Dolby SR
Ficha técnica do filme