Aula 8 – Bauhaus (Dessau e Berlim)

A oitava aula trata dos conflitos e mudanças promovidas na Bauhaus após a saída da cidade de Weimar. Acolhendo a proposta da cidade de Dessau, Walter Gropius e o grupo de mestres e alunos concordam em se mudar para a cidade e construir lá um edifício que concretizasse os ideais da escola tanto na arquitetura como no seu interior.  Embora passasse por uma fase bastante frutífera, criando inclusive uma empresa para comercializar os produtos desenvolvidos, os conflitos políticos e ideológicos se intensificam. Com o apontamento do arquiteto Hannes Meyer como diretor e o conflito causado por sua orientação marxista levaram a Bauhaus a ser vista como uma escola comunista que viria a ser rejeitada pelos políticos de direita e pelo partido nazista. Mesmo sob a direção do arquiteto Ludwig Mies van der Rohe, a Bauhaus não conseguiu reconstruir sua imagem e passou a ser perseguida até que foi obrigada a fechar as portas em 1933, na cidade de Berlim.

Aula08 -Bauhaus Parte 2

A referência bibliográfica consiste no capítulo 5 (O vanguardismo europeu e a Bauhaus p.126-135) do livro Uma introdução à história do design (Cardoso, R.).

A referência complementar é o livro de Magdalena Droste “Bauhaus” (Ed. Taschen, 2006).

Links complementares:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *