Contiguidade do módulo

Esse é um exercício que tenho trabalhado há algum tempo em sala de aula e aborda a questão da contiguidade dos módulos.

Contiguidade diz respeito ao estado de vizinhança, proximidade. Em padronagem, trata-se da propriedade relativa às interações criadas entre um módulo e outro devido a justaposição. O domínio dessa propriedade auxilia na criação de módulos com rapport.

Como exemplo dessas relações, costumo apresentar a análise do padrão pied-de-poule.

Padrão pied-de-poule

Exemplo do módulo (com rapport) e o padrão pied-de-poule.

Continuar lendo

Bordas

As bordas são um caso singular de aplicação de padronagem. Normalmente envolvem a repetição de um ou mais padrões em apenas um eixo (horizontal ou vertical).

No projeto de uma borda, devemos nos ocupar também da maneira como realizaremos a virada, ou seja, a troca de um eixo para outro. O planejamento deve prever a continuidade do padrão de maneira equilibrada e coerente com o desenho.

Pied de Poule

A padronagem Pied de Poule (fala-se “piê-de-pul”) é bastante conhecida por sua aplicação em estamparia, bastante empregada na moda.
O nome vem do francês e significa pé de galinha, por causa do tipo de desenho que forma o padrão. Normalmente é aplicada em monocromia, especialmente em preto e branco. Trata-se de uma forma deslocada de xadrez, no qual o encaixe é mais elaborado, o que disfarça o reconhecimento do módulo.

Em inglês é conhecida como Dog’s Tooth ou Hound’s Tooth e é associada aos dentes dos cachorros. Embora sejam tratadas como equivalentes, o pied de poule costuma ter uma forma característica mais assimétrica, enquanto o dog’s tooth apresenta-se mais na forma de cruz (ou suástica).